Morre o motorista, de 35 anos, do ônibus da Arte Turismo, que se envolveu em grave acidente (sinistro) na MGC-122, em Francisco Sá (MG), na madrugada de terça-feira (21), que resultou em quatro mortes no local e 16 feridos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Santa Casa de Montes Claros, local onde ele foi submetido a um procedimento cirúrgico na noite de ontem, mas não resistiu.

O Estradas apurou que a ocorrência foi enviada para Montes Claros porque a Delegacia estava de plantão. Entretanto, a investigação será conduzida pela Delegacia de Francisco Sá, local onde ocorreu o sinistro.

Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O.), quatro pessoas morreram no local e foram identificadas como: G. M. N., sexo masculino, 39 anos (motorista); T. S. S., sexo feminino, 28 anos; M. S. A., sexo feminino, 27 anos; H. M. J. S., sexo feminino, 90 anos. A Santa Casa não informou o nome do motorista.

Além das vítimas fatais, outras 16 pessoas ficaram feridas, entre elas, estava o motorista do ônibus, que teve fratura exposta. A Polícia Militar Rodoviária informou que há indícios de que o condutor do Onix perdeu o controle da direção e invadiu a contramão. O impacto foi tão forte que o carro partiu ao meio. O ônibus seguia de Osasco (SP) para Abaíra (BA) e levava 41 passageiros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as quatro pessoas que estavam no automóvel foram arremessadas do veículo e o motorista ficou preso às ferragens. Já o condutor do ônibus, teve ferimentos graves, ficou preso às ferragens e foi levado à Santa Casa de Montes Claros com fratura exposta.

A ocorrência mobilizou várias equipes de resgate da região. De acordo com o Samu, o motorista do ônibus e um passageiro, que estavam mais graves, foram socorridos para a Santa Casa de Montes Claros. O primeiro apresentava fraturas, um corte na cabeça e trauma abdominal. O segundo teve traumatismo cranioencefálico.

A reportagem apurou também que a empresa Arte Turismo, sob o nome Arte Transportes, está inserida no site da Buser, aplicativo de transporte de passageiros, e oferece passagens no trajeto São Paulo-Bahia, com saídas às 19 horas.

De acordo com a Buser, a empresa Arte Turismo atua na plataforma, mas o ônibus envolvido no acidente, placas HOF-9292, não está cadastrado. Ainda segundo a empresa, essa viagem não foi intermediada pela Buser.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), “o veículo placa HOF-9292 encontra-se habilitado para a empresa Ricardo e Moab Viagens e Turismo Ltda – ME. Já a Arte Turismo não consta cadastro na ANTT“.

O Estradas levantou também informações sobre 29 multas de trânsito vencidas e outras três a vencer envolvendo o ônibus, placas HOF-9292, sendo a maioria por excesso de velocidade e seis por evasão de pedágio na Via Dutra (BR-116).

A concessionária NovaDutra, responsável pela Via Dutra, foi procurada para confirmar sobre as constantes evasões do referido veículo. Até a publicação desta matéria não obteve resposta.

A Polícia Civil de Francisco Sá (MG) irá conduzir as investigações.