Preta Gil comemora última radioterapia: “Venci mais uma batalha”

Preta Gil comemora última radioterapia: “Venci mais uma batalha”

Preta Gil passou por mais uma fase do tratamento contra o câncer – Reprodução Instagram

Lutando contra um câncer no intestino, Preta Gil celebrou mais uma etapa do tratamento contra a doença. Na terça-feira (06), a cantora terminou as sessões de quimioterapia e segue para outra fase de procedimentos.

– Continua após o anúncio –

Em seu perfil oficial no Instagram, Preta publicou um vídeo para celebrar mais essa etapa de vitória. Nas imagens, a cantora aparece comemorando. “Última rádio, agora dois meses de pausa, a cirurgia, e a cura”, disse. Ela ainda recebeu várias mensagens da equipe que vem acompanhando o tratamento.

Carolina Dieckmann faz revelações sobre Preta Gil: “entregou para o mundo”

Na legenda, ela agradeceu. “Última radioterapia!!! Venci mais uma batalha!!! Quero agradecer por todo amor e energia positiva! Vocês me emocionam! À todos os profissionais da saúde no final do vídeo e os outros que não apareceram também, eu amo vocês! Obrigada por tanto amparo, acolhimento e carinho! Aos meus amigos, já não tenho mais palavras para agradecer por tanto. Nós juntos para sempre e sempre!!!

– Continua após o anúncio –

Amigos da cantora vibraram com a notícia. “Sei bem qual é esse sentimento. Parabéns“, escreveu Simony, que também enfrenta o tratamento contra a doença. “Que notícia maravilhosa❤”, disse Thelminha. “Avante, Preta!!!❤“, declarou Zélia Ducan. “Deus abençoe, já deu tudo certo“, escreveu Drika Marinho.

Confira o vídeo:

– Continua após o anúncio –

Mais cedo, Preta Gil participou do ‘Mais Você’ e falou sobre os momentos críticos do tratamento.”Eu passei por uma septicemia que eu fui entender a gravidade só depois, quando fui voltando. Os médicos disseram: a gente te reanimou, a gente te trouxe de volta. Eu falei: então Deus me deu uma segunda chance de viver“, relembrou a cantora.

Preta Gil revela ter sido reanimada por médicos em luta contra o câncer: “Trouxe de volta”

Preta disse que a septicemia e o câncer a obrigaram a encarar a própria mortalidade. “A gente, no Ocidente, não fala, né? É uma coisa da nossa cultura, a morte é um tabu e é um assunto que não se toca“, analisou.

FONTE e Artigo Original Clica Aquí No areavip.com.br

Rolar Para Cima