Um Mercedes-Benz de 1970 com cozinha e quarto – conheça o NG Transcontinental

Em 1973 a Mercedes-Benz lançou uma nova geração de caminhões denominada de NG (de New Generation), com design completamente novo dos caminhões fabricados até então. Apesar disso, muitos motoristas se lembram dos Mercedes-Benz mais antigos como caminhões com cabines um tanto desconfortáveis, algo que só foi mudar na geração SK em 1989.

A série NG era reconhecida por ser extremamente durável. Ela foi lançada em um período em que o transporte de longa distância entre a Europa e Oriente Médio estava se desenvolvendo. E por isso, a própria Mercedes-Benz criou algumas cabines alternativas para esses clientes, que proporcionasse ao motorista um pouco mais de independência nos percursos mais longos.

A Mercedes oferecia uma cabine que era praticamente uma casa sobre rodas. Tinha fogão de duas bocas, pia, geladeira, cofre para documentos e bancada desdobrável. Além disso, contava com comodidades que hoje são comuns, mas na época era itens de luxo: porta-copos, ar condicionado, frigorífico, banco do passageiro rebatível e armários superiores. O lavatório era abastecido por um tanque com 40 litros de água que podia ser usado para higiene pessoal ou como pia de cozinha. A geladeira tinha capacidade de armazenar 40 litros de alimentos.

Uma quantidade tão grande de equipamentos obviamente limitava o espaço interno da cabine e por isso o Mercedes-Benz NG transcontinental era um produto destinado apenas ao motorista, com uma cama só. O colchão tinha 190 centímetros de comprimento e 70 centímetros de largura e era colocado na parte de trás da estrutura. Confira abaixo algumas imagens de divulgação oficial:

Fonte e Artigo Original Clica Aquí No blogdocaminhoneiro.com

Rolar Para Cima